• Nós da Casa Branca

Como está a sua conexão com Deus?

Você já mandou um WhatsApp ou um e-mail para Deus?


Autor: Jair Crovador




Bem, certamente a visualização ou a confirmação do recebimento seriam instantâneas, porém, a resposta provavelmente não seria no tempo e da maneira que gostaríamos, mas no tempo e do jeito necessário às nossas necessidades. Deus não se atrasa, a gente é que não sabe esperar.


O jeito mais simples e mais eficaz de nos conectarmos com Deus é por meio da prece. Podemos louvar, pedir e agradecer. A prece é uma invocação, por ela nos colocamos em comunicação mental com um outro ser a qual é direcionada. Podemos orar por nós mesmos ou por alguém, pelos encarnados e pelos desencarnados, as preces dirigidas a Deus, são ouvidas pelos espíritos encarregados da execução das suas vontades. (ESE cap. 27 item 9)





“O que quer que seja que pedirdes, na prece, crede que o obtereis, e vos será concedido.” (São Marcos, cap. XI, v. 24).


Embora Deus conheça nossas necessidades, podemos através da prece pedir forças, discernimento e auxílio na resolução de algo que se deseja. O Espiritismo nos faz compreender a ação da prece explicando o modo de transmissão do pensamento. Todos os seres, encarnados e desencarnados, encontram-se envolvidos no Fluído Universal, que é a energia que envolve todo o universo e é por esse Fluído que se conduz a prece, o pensamento, tal qual o ar é o condutor do som. Cria-se uma corrente fluídica e a potência dessa corrente está em razão do vigor do pensamento e da vontade.





Mas é preciso saber orar, os pensamentos, as palavras, não devem ser dirigidas maquinalmente, é preciso um sentimento de humildade, de devoção e gratidão. Nossas preces devem encerrar o pedido de graças de que temos a real necessidade. Inútil pedir ao Senhor abreviar as nossas provas, mas sim, forças e discernimento para enfrentá-las e resolvê-las.





Pelos nossos pensamentos aliados a nossa vontade e a nossa fé, podemos conduzir e direcionar energias de paz, de cura, de saúde e de amor a encarnados e desencarnados, isto é vibrar e vibrar é colocar em ação essas energias de que todos somos portadores, para auxiliar a nós mesmos, ao próximo e ao planeta em que vivemos.





Com teus pensamentos, atrais, absorves, impulsionas ou rechaças. Com tua vontade, conferes orientação e rumo, apontando para as mais variadas direções. Disse Jesus: “Pedi e vos será dado; buscai e achareis; batei e vos será aberto”.


Autor: Jair Crovador

420 visualizações